Abre parênteses

Tenho alguns amigos dos quais eu gostava mais quando eram jovens, não tinham um tostão, não tinham medo de parecer idiotas e sabiam sorrir naturalmente. Hoje se esforçam para serem de plástico. Por que?

Fecha parênteses.

 

Anúncios

Sobre Colérica

Nasci nos anos 80 - sim, sou maior de idade, mesmo que não pareça! Estudante de jornalismo (típico caso onde se prefere seguir um sonho a buscar dinheiro). Alheia a novelas, filmes cult, comidas extravagantes e palavras difíceis. Sou fascinada pelo Egito, viciada em batata frita, minha cor favorita é o amarelo e meu cabelo me odeia. Eu tinha uma gatinha, mas ela morreu envenenada. O que mais há para se falar de uma garota?Ah, quase ia esquecendo: sou irônica. O que eu espero do mundo? Menos Vogue e mais Dostoiévski, se é que me entende...
Esse post foi publicado em Crônicas. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Abre parênteses

  1. São as máscaras que temos que usar diariamente. Temos que ter cuidado para elas não grudarem no nosso rosto e não sabermos mais o que tem por baixo delas…

    Beijocas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s