Casey Heynes, o Zangief Kid vingador

Se nos tempos de ensino fundamental, lá pelos seus 12-15 anos, você era um nerd, usava óculos, era gordo demais ou magro demais, tinha um nariz grande, a cara cheia de espinha, era desengonçado, usava aparelho ou fedia – sim, tinha um guri na minha sala que fedia horrores, coitado -, então você foi zuado. Eu sei que foi.

Quem não viu o vídeo Casey Heynes, mais conhecido como Zangief Kid? Se você não viu eu vou te zuar muito, seu desinformado duma figa Se viu, tenho certeza de que, assim como eu, se sentiu vingado. E quem achou uma “brutalidade sem tamanho inspirada pelos vídeo games” bla-bla-bla, precisa assistir este vídeo.

Na entrevista Heynes explica porque revidou, desde quando sofria as provocações e diz que já sentiu vontade de cometer suicídio por se sentir excluído.

 

Anúncios

Sobre Colérica

Nasci nos anos 80 - sim, sou maior de idade, mesmo que não pareça! Estudante de jornalismo (típico caso onde se prefere seguir um sonho a buscar dinheiro). Alheia a novelas, filmes cult, comidas extravagantes e palavras difíceis. Sou fascinada pelo Egito, viciada em batata frita, minha cor favorita é o amarelo e meu cabelo me odeia. Eu tinha uma gatinha, mas ela morreu envenenada. O que mais há para se falar de uma garota?Ah, quase ia esquecendo: sou irônica. O que eu espero do mundo? Menos Vogue e mais Dostoiévski, se é que me entende...
Esse post foi publicado em Matérias e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Casey Heynes, o Zangief Kid vingador

  1. Já assisti essa entrevista e vi o vídeo. Lavou minha alma, eu que sofri muito esse tipo de problema, queria ver todos os ossos daquele garoto quebrado. Quando lembro do que passei no colégio, sei o quanto essa situação pode ser torturante e te levar a fazer coisas terríveis.

    Beijocas

  2. Richard Gale estava posando de maioral para Casey Heynes, zoando-o e agredindo-o com a intenção de agradar seus colegas, foi derrubado no chão e ainda vem bancar uma de joão-coitado, dizendo que sofreu bullying quando na verdade foi o autor de toda a agressão. Casey disse que até pensava em suicidar-se por sofrer tanto bullying. Na minha opinião, Casey disse a verdade, pois se ele fosse um bully como Richard disse, não teria apanhado tanto a ponto de reagir só no último minuto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s